Que o espírito do Natal faça de cada coração uma casa aberta para receber a todos...




Queremos armar uma árvore em nossos 
corações e colocarmos, no lugar de 
presentes, os nomes de nossos amigos... 
os de longe e os de perto, os antigos 
e os recentes, os que vemos todos
 os dias e os que não, os que recordamos
e os que esquecemos, os das horas difíceis 
e os das alegres, os que sem querer
 ferimos e os que feriram,
 os que conhecemos profundamente, 
e os que superficialmente, nossos amigos
 humildes e os importantes, aqueles que 
nos ensinaram e os que aprenderam.

Queremos uma árvore de raízes profundas 
para que os nomes nunca sejam
arrancados de nossos corações.
 Uma árvore de folhas largas para que
 os nomes vindos possam se 
juntar aos existentes. 
Uma árvore de sombra agradável para 
que nossa amizade seja um momento 
de repouso na luta pela vida. 

Que o espírito do Natal faça de
 cada lágrima um sorriso, da amargura
a sabedoria, e de cada coração uma
 casa aberta para receber a todos.

D.A