Dá a mão para DEUS, embarca nessa viagem de passageiro, e segue apreciando a paisagem...




E que uma hora a gente entenda, de uma vez 
por todas, que essa ansiedade controladora 
não nos ajuda, mas sim, só atrapalha...
Que a gente aceite que as coisas boas pra nós
 nem sempre serão necessariamente produto
 do nosso querer...do nosso jeito, do nosso
 sistemazinho arrogante de manobrar 
o curso dos acontecimentos...
Uma hora, pra ser feliz, pra ser surpreendido 
pela graça divina, temos que largar o leme 
desse barco do existir e confiar os rumos 
a Quem entende de felicidade realmente...
E esperar...esperar não passivamente, mas 
trabalhando as emoções num exercício imenso, 
hercúleo, desse tal de confiar...
e confiante, segue tua vida.
E olha, prepara o coração...
Pra ser imensamente grato, pela reviravolta
 gostosa, impagável, que Deus há de fazer aí 
nesse teu sistemazinho meia-boca de ser...
Duvida? 
Experimenta! 
Tem tanto nesse universo que a gente
 nem desconfia...e se fecha, conformado
 com tão pouco. Com chama trêmula de vela, 
apesar do fulgor do sol lá fora...
Dá a mão pra Ele vai, e embarca nessa viagem, 
de passageiro, só vendo a paisagem...
duvido que esse novo caminho não te apaixone.
Esse caminho no qual a gente não anda,
 mergulha! Chamado Fé...

- Gi Stadnicki -