Eu acredito em profundidades...





Acredito em coisas sinceramente compartilhadas.
Em gente que fala tocando o outro, 
de alguma forma, no toque mesmo,
 na voz, ou no conteúdo. 
Eu acredito em profundidades.

- Marla de Queiroz -